Ajudas Técnicas

ajudas-tecnicas

Tecnologias de Apoio nas Doenças Reumáticas

Sabe-se hoje que existem mais de 100 formas diferentes de doenças reumáticas, com características e manifestações diversas, que geralmente são dolorosas e incapacitantes para a pessoa portadora da mesma.

Como técnico de diagnóstico e terapêutica, especialmente vocacionado para a independência do indivíduo com disfunção física, cabe ao terapeuta ocupacional (Quadro 1) proceder a uma avaliação cuidada da pessoa, e estabelecer um programa de tratamento, que inclua técnicas de higiene e protecção articular e que vá de encontro às necessidades/ eficites de cada pessoa.

Esta intervenção consiste no ensino dos princípios de protecção articular e do aconselhamento/correcção de posturas, assim como no estudo e treino de tecnologias de apoio, de modo a que a pessoa aprenda a utilizar as suas articulações e músculos de uma forma mais eficaz.

Por tecnologia de apoio compreende-se "qualquer produto, instrumento, equipamento ou sistema técnico usado por uma pessoa deficiente, especialmente produzida ou disponível geralmente, que previne, compensa, atenua ou neutraliza a incapacidade". (definição derivada de ISO/DIS 9999)

Para o terapeuta ocupacional poder aconselhar a tecnologia de apoio adequada às necessidades de cada pessoa, de modo a que esta cumpra os seus objectivos, tanto na prevenção da deformidade, como na facilitação da função, terá que proceder às seguintes avaliações:

  • componentes de desempenho, ou seja, a mobilidade geral da pessoa;
  • áreas de desempenho (avaliar a funcionalidade da pessoa nas áreas em que a mesma tem um papel activo, sejam elas área do trabalho, lazer ou actividades da vida diária);
  • o contexto físico, social e cultural em que a mesma está inserida.

Sempre com o objectivo de identificar as barreiras com que a pessoa se depara no dia a dia, e sugerir as adaptações/ tecnologia de apoio possíveis para remover ou minimizar essas barreiras, e assim permitir o máximo de independência da mesma.

Neste trabalho procuramos ilustrar o conceito de tecnologia de apoio com uma série de exemplos de algumas das muitas tecnologias concebidas em unidade de terapia ocupacional ou disponíveis no nosso mercado.

Com esta técnica de aprendizagem o terapeuta ocupacional procura que a pessoa com doença reumática organize melhor o seu dia-a-dia, de modo a conservar energia, prevenir deformidades e consequentemente incapacidades - permitindo-lhe assim saber viver com a própria doença e a melhorar a sua qualidade de vida.

Quadro 1: TERAPIA OCUPACIONAL

Avaliação, tratamento e habilitação de indivíduos com disfunção física, mental, de desenvolvimento, social ou outras, utilizando técnicas terapêuticas integradas em actividades seleccionadas consoante o objectivo pretendido e enquadradas na relação terapeuta/utente; prevenção da incapacidade, através de estratégias adequadas com vista a proporcionar ao indivíduo o máximo de desempenho e autonomia nas suas funções pessoais, sociais e profissionais, e, se necessário o estudo e desenvolvimento das respectivas ajudas técnicas, em ordem a contribuir para uma melhoria de qualidade de vida.

(Decreto-Lei 564/99, de 21 de Dezembro)
Alexandra J. Marques (Terapeuta Ocupacional no Hospital Garcia de Orta)

Se necessita ou caso venha a necessitar de ajudas técnicas, contacte a LPCDR.

Ligações úteis:
www.ajudastecnicas.gov.pt
www.inr.pt
www.anditec.pt 
(a LPCDR tem um protocolo com a Anditec - saiba mais aqui)