icon-youtube icon-twitter icon-facebook  

slide-noticias-e-eventos

Acesso de proximidade a medicação hospitalar

Os doentes crónicos exigem a continuidade da entrega de medicamentos hospitalares nas respetivas casas, farmácias comunitárias próximas da residência ou dos locais de trabalho, tal como aconteceu durante o período de confinamento devido à Covid-19.
Numa carta aberta de julho de 2020, entregue junto dos principais responsáveis governamentais da Saúde, as 10 associações que assinam a carta – entre as quais a Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas - explicam que desde Maio passado que muitos doentes “ficaram sem acesso de proximidade à sua medicação hospitalar”. 

Leia aqui a carta completa.