• Início

Seminário Liberdade de Escolha no Acesso ao Medicamento

SeminarioLiberdadePromovido pela APED - Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, realizou-se no dia 25 de Fevereiro de 2015, na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa, o seminário «Liberdade de Escolha no Acesso ao Medicamento, no qual estivemos presentes. O evento contou com a participação de entidades como a Direcção-Geral da Saúde, a Ordem dos Médicos, a Ordem dos Farmacêuticos, a Associação Nacional de Farmácias, a DECO, o INFARMED, a APIFARMA e a IMS Health, entre outras.

A automedicação é uma das preocupações relacionadas com o acesso ao medicamento pelo consumidor, numa altura em que se discute a pertinência do alargamento da lista de Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica. A Ordem dos Médicos e a Ordem dos Farmacêuticos alertaram para os riscos no consumo desregrado destes medicamentos.

Quanto à centralidade do doente, responsável último pela aquisição e consumo dos medicamentos, foram apresentados estudos que evidenciam uma tendência de utilização dos medicamentos para outras finalidades terapêuticas, diversas das indicadas. Salientada a diferença entre automedicação e autogestão da doença pelo representante da Direcção-Geral de Saúde, a necessidade de promover a educação e literacia em saúde para que o doente possa ser um parceiro e possa atingir a autonomia, foi uma das conclusões a reter.

Recordamos que deve respeitar as indicações do médico responsável pelo acompanhamento da sua doença quanto à medicação. Para uma correcta autogestão da sua doença deve ter um conhecimento correcto de quais os medicamentos que pode tomar, sejam estes sujeitos a receita médica ou não, suplementos alimentares ou terapias alternativas. Informe-se com o seu médico e não lhe esconda outras soluções a que recorre para a sua doença.