Casa do Futuro

casafuturo

Protocolo com a "Casa do Futuro Inclusiva"

A 11 de Fevereiro comemora-se o Dia Mundial do Doente. Para assinalar este dia em 2005, deixando uma mensagem positiva aos seus associados, a Liga celebrou um Protocolo de Cooperação com a Fundação Portuguesa das Comunicações, que, no âmbito da investigação no domínio das novas tecnologias, desenvolveu um projecto a que deu o nome de “Casa do Futuro Inclusiva”. Trata-se de uma casa modelo, adaptada de modo a servir de demonstrador vivo dos serviços e facilidades que as novas tecnologias podem desempenhar numa casa habitada por pessoas com necessidades especiais e não só. Daí o nome de Casa Inclusiva – a Casa do Futuro estará adapatada de modo a que todos os membros da família se sintam integrados, quer sejam saudáveis, com limitações motoras, sensoriais ou apenas com as condicionantes normais a quem é mais idoso.

Com este Protocolo de Cooperação, a Fundação Portuguesa de Comunicações, cumpre um dos seus objectivos, que é colocar a investigação das novas tecnologias ao serviço do desenvolvimento sócio-económico do país e a Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas cumpre uma das suas missões que é a integração social de todos os doentes e deficientes por doenças reumáticas.

Resta-nos desejar que esta casa modelo possa servir de incentivo para a aplicação do muito saber acumulado por Fisiatras, Terapeutas e Doentes e com ele melhorar a Autonomia e Qualidade de Vida, de quem o possa pôr em prática desde já.

Assinaram o Protocolo o Administrador da Fundação, Eng. Gonçalo Areia e pela Liga, o Presidente, Dr. João Francisco Ribeiro da Silva. Presidiu o Dr. Alexandre Dinis, em representação da Direcção Geral de Saúde.

A Casa do Futuro pode ser visitada, com marcação prévia, na R. do Instituto Industrial, 16 (Tel. 213935187).

pdf-icon Ver Protocolo